sábado, 22 de abril de 2017

Relator da Reforma da Previdência nega privilégios e servidor e diz que mudança teve aval de Temer

Depois de apresentar as mudanças de última hora que surpreenderam até os aliados, o deputado Arthur Maia negou que esteja mantendo privilégios na Reforma da Previdência. Depois de apresentar o relatório na Comissão, ele divulgou uma errata advertindo que as regras que enquadravam privilégios de boa parte do funcionalismo federal estavam suspensas porque era preciso respeitar a 'expectativa de direito'.
 

Fonte: Jornal da Record - Via Canal Youtube

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário