sábado, 8 de abril de 2017

Relator da Lava Jato inclui mais sete parlamentares na investigação sobre propina

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou a inclusão de mais sete parlamentares em um inquérito que investiga o pagamento de propina com recursos desviados de contratos com a Transpetro. Foram incluídos os senadores Valdir Raupp, e Garibaldi Alves Filho, do PMDB, e Agripino Maia, do DEM. Entre os deputados, estão Jandhira Feghali, do PC do B, Luiz Sérgio, do PT, Walter Alves, do PMDB, e Felipe Maia, do DEM. Ao todo, os repasses somariam R$ 2,5 milhões, entre os anos de 2010 e 2014.


Nenhum comentário:

Postar um comentário