sexta-feira, 21 de abril de 2017

Família acusa hospital de negligência por morte de bebê de 9 meses em Hortolândia

 Criança foi atendida no domingo de manhã, teve alta e retornou a noite morrendo horas depois.


A menina Eloá, de 9 meses, morreu horas após dar entrada no Hospital e Maternidade Municipal Governador Mario Covas, em Hortolândia, no último domingo. A família afirma que houve negligência por parte dos profissionais da unidade. O pai da criança, Ricardo Santos, diz que os médicos não souberam informar qual era o problema de saúde a filha quando foi internada.
 
O pai explica que gostaria que a bebê fosse levada para Sumaré e critica o hospital de Hortolândia por ter dado alta para a filha sem um diagnóstico completo.

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, emitiu uma nota, informando que a criança foi atendida no Hospital Mário Covas durante o domingo, com alta no final da tarde. À noite, ela retornou à unidade de atendimento e, na madrugada de segunda-feira foi transferida ao Hospital Estadual Sumaré. De acordo com a pasta, no Hospital Mário Covas, a paciente foi prontamente atendida e teve todo suporte necessário até o momento da transferência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário