quinta-feira, 16 de março de 2017

Acusados pela morte do filho de Carlinhos de Jesus vão a júri popular no Rio

O ex-policial Miguel Angelo Medeiros e o ex-pm André Pedrosa foram levados a júri popular acusados de planejar e executar a morte de Carlos Eduardo Mendes de Jesus, o Dudu, em 2011. Se condenados, os dois podem pegar até 40 anos de prisão. O filho do coreógrafo Carlinhos de Jesus foi assassinado em Realengo, no Rio, depois de se apresentar como vocalista em um grupo de samba. O crime teria sido motivado por vingança. Os outros acusados ainda não tiveram o julgamento marcado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário