sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

MP investiga venda de sepulturas em cemitério de Americana


O Ministério Público de Americana abriu um inquérito para investigar a venda de sepulturas no Cemitério da Saudade, no período de 2008 a 2014. O promotor de Justiça do Patrimônio Público e Social, Sergio Claro Buonamici, publicou portaria no dia 3 deste mês, após receber uma cópia da investigação sobre o mesmo caso, conduzida no ano passado pela câmara municipal.

Através da portaria, é dado aos ex-administradores do campo santo 30 dias para prestar esclarecimentos sobre as denúncias envolvendo supostos pagamentos feitos por empreiteiros aos ex-servidores comissionados. Os ex-administradores também são intimados a apresentar documentos que justifiquem os atos como gestores da unidade.

Os quatro envolvidos negaram ter participado de qualquer negociação de venda ou de terem recebido valores em espécie pelo comércio de sepulturas.

O Ministério Público ainda questiona quais medidas foram adotadas pela Prefeitura de Americana pós receber cópia do mesmo relatório produzido pelos vereadores da cidade.

O prazo legal é de 6 meses para o promotor avaliar as manifestações dos envolvidos, ouvir outras testemunhas e também decidir se apresenta ação judicial sobre o caso ou não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário